23 de fevereiro de 2018

ESTE É O MEU FILHO AMADO. ESCUTAI O QUE ELE DIZ!

Estimados irmãos e irmãs. Felizes por podermos concluir mais uma semana encontrando-nos na Casa do Senhor celebrando a nossa fé. Alegria também porque temos a certeza que a nova semana será abençoada por Deus em tudo o que Ele nos conceder realizar. Então, vamos viver bem a santa missa ou a celebração da Palavra, pois é aí que somos ‘reabastecidos’ das bênçãos e graças de Deus. Encontramos forças para realizar bem a nossa missão.

O Senhor nos chama para estar com Ele assim como chamou alguns dos apóstolos e levou-os um lugar à parte, sobre uma montanha para rezar (Evangelho Mc 9,2-10). Sabemos que quando um autor sagrado fala de montanha refere-se ao lugar de encontro com Deus por excelência. Esta, por ser alta, é sinal de proximidade do céu, onde Ele tem sua morada. A Igreja é a ‘montanha’ dos tempos atuais onde podemos nos encontrar com o Senhor forma concreta e real.

Foi na montanha que o Senhor provou a fé de Abraão. Quem confia não deve temer nada, pois Deus tudo provê para os que nele esperam. A experiência de Abraão o conduziu a esta entrega total sem nada reter para si, pois já tinha compreendido que tudo provém de Deus e por Ele tudo devemos fazer.

O que Deus tem pedido para você nesta Quaresma? O que precisas renunciar, entregar, abandonar para estar mais perto dele? Em teu coração habita medo, insegurança, dúvidas? Crendo que tudo vem do Senhor, nada podemos negar a Ele. O medo é sinônimo de uma fé fragilizada, pequena, mesquinha. Quem crê, automaticamente confia e quem confia, não retém nada para si.

Como crescemos na fé? Estando com Deus! Estar com Deus é cultivar diariamente a oração, bons hábitos e costumes, praticar a caridade. Enfim, fazer aquilo que o próprio Senhor fez e mandou que fizéssemos. Não basta rezar. A oração, a fé sem obras é morta nos diz São Tiago (cf 2,26). É morta porque não nos compromete com um mundo melhor. Permanecemos apenas em nossas vontades e queremos que Deus cumpra todos os nossos desejos.

A Leitura da Carta de São Paulo aos Romanos (8,31b-34) nos lembra que se Deus é por nós, quem será contra nós? Mesmo que muitos se levantem contra, não poderão vencer, pois com Deus tudo podemos. Porém, não vamos pensar que tudo podemos realizando nossos desejos infantis e de criança mimada. A fé tem que nos conduzir a santificação, do contrário é infantil e imatura.

Estamos no caminho para a Páscoa e o Senhor está conosco. Andemos na sua presença (Salmo 115) e estaremos no caminho certo.

Abençoada semana!

Saudações,
Pe. Hermes José Novakoski
Pobre Servo da Divina Providência