7 de dezembro de 2017

PREPARAI OS CAMINHOS DO SENHOR

Estimados irmãos e irmãs. Continuamos nossa caminhada rumo ao Natal do Senhor. Hoje acendemos a segunda vela da coroa do Advento como sinal que estamos progredindo no caminho e que no decorrer dele precisamos da luz do Senhor para não ficarmos nas trevas. Esta dinâmica nos ajuda a irmos entrando gradativamente no clima da festa que se aproxima.

Lembramos que no dia do nosso Batismo, recebemos a luz de Cristo na vela acesa no Círio Pascal. A luz sempre nos acompanha. A luz é Deus! Ela vence as trevas! Aliás, as trevas existem lá onde a luz não chega. Elas fogem à luz.

Nesta dinâmica, neste 2º Domingo do Advento, a Palavra de Deus (Evangelho Mc 1,1-8) nos convida a prepararmos os caminhos pois o Senhor está chegando. Preparar o nosso coração pois Cristo quer permanecer para sempre nele. Preparar nossa vida para que sejamos verdadeiramente cristãos.

O Papa Francisco vem nos provocando nas suas homilias e discursos porque vê que muitos cristãos católicos vão a missa, comungam, escutam a Palavra de Deus, mas o seu cotidiano é muito diferente daquilo que reza. Precisamos acabar com essa divergência entre aquilo que acreditamos e aquilo que fazemos. O que a nossa boca reza, o nosso coração precisa sentir e viver.

Eis que estamos em um tempo favorável para fazermos um sério exame de consciência revendo nossas atitudes, pensamentos, palavras e ações. Elas não podem ser divergentes ao Evangelho. Precisamos, como nos convida o Profetas Isaias (40,1-5.9-11), nivelar os vales da nossa prepotência, rebaixar as montanhas do orgulho, endireitar os caminhos tortuosos que nos afastam de Deus, dos irmãos, da comunidade. Não podemos pensar que tanto faz rezar e cometer injustiças. Com Deus não podemos brincar. Todo cristão tem o dever de buscar na sua vida viver do jeito de Cristo.

Diante de tantas injustiças em diversos âmbitos da vida social parece que a luz de Cristo está ofuscada. Se assim for, temos parte da culpa, pois não alimentamos a luz de Deus que brilha em nós, como seus amados filhos. Muitos ainda questionam onde Deus está que permite tanta injustiça? A pergunta que deveríamos fazer é onde estão os cristãos que cometem tanta injustiça? Ou inda, onde estão os cristãos que não denunciam as coisas erradas que acontecem muitas vezes aos seus olhos? Porque muitos daqueles que comungam do Corpo e Sangue de Cristo, depois são injustos em seus negócios e no trato com as pessoas.

A Leitura da carta de São Pedro (2Pd 3,8-14) nos diz que Deus “está usando de paciência para conosco. Pois não deseja que alguém se perca. Ao contrário, quer que todos venham a converter-se”. Lindas e consoladoras estas palavras. O Senhor, em sua infinita sabedoria, usa de paciência e misericórdia para com todos os seus filhos e filhas. Ele quer que todos se salvem e para isso nos envia todos os meios. Ele nos dá sua Palavra. Alimenta-nos na Eucaristia. Alerta-nos pelos ensinamentos da sua Igreja. Faz-se presente nos irmãos e irmãs. Tudo para que possamos encontra-lo, ama-lo, servi-lo, adora-lo.

Fiquemos com esse alerta para esta semana que iniciamos. Vamos preparar bem a nossa vida, nosso coração, nossas famílias para que o Senhor possa fazer a transformação que Ele tanto deseja. Que neste Natal Ele encontre mais espaço em tudo o que fazemos, iluminando de fato tudo o que somos. Que ele não fique nas gavetas das nossas casas, como se fosse algo que possa ser manipulado.

Misericórdia Senhor para com todos nós. Brilhe a tua luz em nossos caminhos para podermos eliminar todos os erros que nos atrapalham na vivência do amor.

Abençoada semana.

Saudações.

Pe. Hermes José Novakoski
Pobre Servo da Divina Providência.