30 de novembro de 2017

FICAI ATENTOS!

Estimados irmãos e irmãs. Chegamos ao Advento e com este novo período iniciamos um novo ano litúrgico. A Palavra que Deus nos oferece para este início de caminhada é que estejamos vigilantes; fiquemos atentos. É muito importante vigiar para que a nossa vida de fé não seja contaminada pelos erros que se propagam como se fossem verdades.

O Advento é um convite ao silêncio, a reflexão. Precisamos resgatar na nossa vida a importância desta dimensão, pois o barulho excessivo nos esvazia e empobrece. Quem não reflete o que faz e o que diz, acaba fazendo e dizendo o que não quis.

A Leitura do Profeta Isaías (63,16b-17.19b;64,2b-7) nos mostra que o nosso Deus, diferente dos deuses conhecidos até então, vem ao encontro dos seus filhos e filhas. Uma linguagem muito bonita e profunda, demonstrando claramente a imagem paternal do nosso Pai providente: “Nunca se ouviu dizer nem chegou aos ouvidos de ninguém, jamais olhos viram que um Deus, exceto tu, tenha feito tanto pelos que nele esperam”.

Incrivelmente, mesmo com tudo o que Deus tem feito pelos seus filhos, muitos ainda não acreditam nele. São tentados a pensar que Ele não existe ou que está longe de nós. Reclamam das coisas ruins que acontecem como se Ele fosse culpado das nossas escolhas erradas.

Na carta aos Coríntios (1Cor 1,3-9), São Paulo lembra a comunidade e a todos nós hoje que em Cristo todos fomos enriquecidos e somos agraciados todos os dias. Suas bênçãos acompanham todos os seus filhos. De nossa parte cabe reconhecer, ter consciência que Deus nos acompanha com sua misericórdia: “Nele fostes enriquecidos em tudo, em toda palavra e em todo conhecimento, à medida que o testemunho sobre Cristo se confirmou entre vós”. Quanto mais buscamos e testemunhamos o amor de Deus, mais somos transformados e renovados por este amor.

No Evangelho de Marcos (13,33-37) somos chamados a estarmos atentos e vigilantes. Estas atitudes precisam ser permanentes em nossa vida. Todo cristão precisa estar atento para não se deixar levar por doutrinas vãs que são um contratestemunho. Vigiar a fé que recebemos no Batismo para que ela não seja contaminada por tantas coisas errôneas que nos cercam. Doutrinas falsas que querem nos desviar das coisas de Deus. O cristão deve estar sempre perto de Deus para ter fortaleza, sabedoria e discernimento.

Acendemos a primeira vela da coroa do Advento. O caminho que fazemos começa a ser iluminado pela luz que é Cristo. A medida que vamos nos aproximando do Natal, a luminosidade vai aumentando e a ignorância vai sendo dissipada assim como as trevas somem à presença da luz.

Caminhemos sempre vigilantes e atentos. Não podemos dormir no caminho da fé. O Senhor nos abraça e fortalece com a Eucaristia e a sua Palavra para sermos cada dia mais santos. Perseveremos mesmo diante das adversidades que se apresentam. Pois só quem perseverar até o fim, poderá contemplar para sempre a luz que não se apaga, Jesus Cristo.

O Senhor caminha conosco. Não estamos só. Então, coragem! Ânimo! Fé! Perseverança! Vigilância! Escuta! Ele está conosco e precisa ser acolhido, escutado e amado.

Abençoado tempo do Advento.

Pe. Hermes José Novakoski
Pobre Servo da Divina Providência